Ações em Curso

Convite — CETA: 6 temas, seis debates

A Plataforma Transgénicos Fora, a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável e a Plataforma Não ao TTIP, com o apoio da FCUL e PALP/Almargem, convidam todos os interessados a estar presente no primeiro debate, de um conjunto de seis, sobre o CETA - acordo comercial entre a UE e o Canadá, que decorrerá no próximo dia 24 de fevereiro, na FCUL, entre as 9h30 e as 12h30.

Intitulado “CETA: 6 temas, seis debates – Olhares da ciência sobre o acordo comercial UE/Canadá”, este ciclo de debates pretende envolver cientistas, deputados, empresários e cidadãos na análise das implicações deste acordo de comércio e investimento. O objetivo é, em cada um dos seis debates, abordar um tema diferente: energia e alterações climáticas, agricultura, saúde e serviços públicos, direitos laborais/direitos humanos, economia e democracia.

O primeiro dos seis debates será sobre os impactos do CETA nas área da energia e das alterações climáticas e realizar-se-á no Auditório da Fundação da FCUL, no 3º piso do edifício C1, em Lisboa.

PROGRAMA

9:30 – Receção aos participantes
10:00 – Breve apresentação dos objetivos da iniciativa – Susana Fonseca – ZERO
10h 15 – A visão da APREN – Associação de Energias Renováveis – António Sá da Costa
10h 40 – As implicações para as alterações climáticas – Gil Penha Lopes – FCUL
11h 05 – Debate
12h 15 – Conclusões e encerramento

Este evento é de entrada livre, mas de inscrição obrigatória, pelo que agradecemos o preenchimento do formulário disponível para o efeito: https://goo.gl/xNklLH
Para mais informações consulte: www.facebook.com/events/245146055936751

HERBICIDA GLIFOSATO POSTO EM CAUSA POR INICIATIVA EUROPEIA DE CIDADÃOS

2017/02/08 _ Começa hoje a recolha de 1 milhão de assinaturas

Hoje dezenas de organizações não governamentais de toda a União Europeia, incluindo várias portuguesas, iniciaram a mobilização de cidadãos para banir o glifosato - mais conhecido como o herbicida Roundup da Monsanto. Em Portugal registam-se os níveis de contaminação humana mais elevados de toda a União Europeia, mais de um ano após a Organização Mundial de Saúde ter classificado este herbicida como "carcinogénio provável para o ser humano e carcinogénio provado para animais de laboratório". Por isso todos os portugueses têm particular interesse em aderir a esta ação...

Boicote a farinha transgénica!

 

 

2014/07/28 - A única farinha com milho transgénico atualmente à venda no país tem um nome a registar e a boicotar: P.A.N. 

De acordo com o levantamento realizado pela Plataforma Transgénicos Fora e divulgado hoje, ela encontra-se à venda em apenas duas cadeias de hipermercados: Froiz e Continente. Vale a pena optar pelas outras marcas disponíveis: só assim é possível maximizar a proteção da saúde dos consumidores destes alimentos. Se conhece quem consome desta marca de farinha de milho, alerte-os! Se a encontrar à venda, proteste junto desse hipermercado! (Basta preencher um cartão de sugestões/reclamações.) E se entender que a nossa saúde deve estar acima de qualquer interesse económico, boicote também o Froiz e o Continente até que deixem de ter esta farinha tão problemática à venda. O consumidor tem sempre razão, por muito que a farinha de milho transgénico seja legal em Portugal, e os hipermercados dão ouvidos aos clientes - é só uma questão de espalhar a mensagem!

Subscribe to Ações em Curso

Gostaria de nos apoiar?

FALE CONNOSCO