GOVERNO DEVE REJEITAR FIRMEMENTE PRESSÃO AMERICANA PRÓ-TRANSGÉNICOS

2012/01/12 _ Revelada carta do embaixador americano em Lisboa
Foi hoje revelado pela Agência Lusa que a Embaixada Americana em Lisboa pressionou a Ministra da Agricultura, a Assembleia Legislativa e o Governo Regional dos Açores no final de 2011 para que não seja criada a zona livre de transgénicos já anunciada pelo executivo regional...

Comentários

Cara Ana Teresa,
Em 2011 foi registado pela primeira vez o cultivo legal de milho transgénicos nos Açores, em duas explorações (uma na zona de Ponta Delgada, outra na zona de Lagoa), num total de 2,5 hectares. Isto não impede que seja criada uma zona livre de transgénicos vinculativa a partir de 2012, que é precisamente o que embaixador americano pretende evitar. Não tanto pela área que deixa de ser cultivada com transgénicos, que seria sempre muito limitada, mas pelo "mau exemplo" e o que isso venha a ter de "contagioso". Como parece evidente, o embaixador está muito preocupado que zonas livres na Europa possam reduzir os lucros da Monsanto - a empresa americana que controla mais de 90% do mercado mundial de transgénicos. Agora, porque é que um embaixador anda a defender interesses privados? Isso fica para cada um responder.
Cumprimentos,
Plataforma Transgénicos Fora

Gostaria de nos apoiar?

FALE CONNOSCO