Política

Indústria 1 - Cidadãos 0, na mais recente avaliação sobre o glifosato

2017/03/15 - Desde que em 2015 a OMS - Organização Mundial de Saúde classificou o glifosato como sendo uma substância que "provavelmente" causa cancro em pessoas e que "demonstradamente" causa cancro em animais de laboratório o futuro na Europa do herbicida mais vendido no mundo (e em Portugal) tornou-se uma questão de intenso debate científico, social e político. Após anos de adiamentos, os Estados Membros e a Comissão Europeia deverão decidir em 2017 se reautorizam os herbicidas à base de glifosato, e por quanto tempo. Em cima da mesa estão os pareceres positivos do país relator (Alemanha), da Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) e as sucessivas propostas da própria Comissão Europeia para que o herbicida seja aprovado (ver por exemplo aqui e aqui). Hoje, com o parecer da ECHA (Agência Europeia dos Produtos Químicos), também ele positivo, foi tornada pública uma das últimas peças deste puzzle...

HERBICIDA GLIFOSATO POSTO EM CAUSA POR INICIATIVA EUROPEIA DE CIDADÃOS

2017/02/08 _ Começa hoje a recolha de 1 milhão de assinaturas

Hoje dezenas de organizações não governamentais de toda a União Europeia, incluindo várias portuguesas, iniciaram a mobilização de cidadãos para banir o glifosato - mais conhecido como o herbicida Roundup da Monsanto. Em Portugal registam-se os níveis de contaminação humana mais elevados de toda a União Europeia, mais de um ano após a Organização Mundial de Saúde ter classificado este herbicida como "carcinogénio provável para o ser humano e carcinogénio provado para animais de laboratório". Por isso todos os portugueses têm particular interesse em aderir a esta ação...

GLIFOSATO: O HERBICIDA QUE CONTAMINA PORTUGAL

2016/04/29 _ Pela primeira vez há análises e revelam situação descontrolada

Análises realizadas pela Plataforma Transgénicos Fora em colaboração com o Detox Project evidenciaram níveis inesperados e absolutamente assombrosos de glifosato (mais conhecido por Roundup), o pesticida químico sintético mais usado na agricultura portuguesa – e até agora o mais ignorado. Há pelo menos dez anos que não se conhece qualquer análise oficial à sua presença em alimentos, solo, água, ar ou pessoas. Este vazio, inédito a nível europeu, é hoje preenchido parcialmente com os resultados das análises realizadas à urina de 26 voluntários portugueses e a algumas amostras de alimentos. Portugal tem agora de encontrar soluções a nível nacional e europeu que esclareçam as razões de tal contaminação humana e a reduzam em várias ordens de grandeza...

AGRICULTURA SEM TRANSGÉNICOS: GOVERNO PERDE O COMBOIO DA EUROPA

2015-10-02 _ Prazo termina amanhã, 3 de outubro
A França, o maior produtor europeu de milho, notificou a Comissão Europeia da sua intenção de banir o cultivo de culturas transgénicas à luz das novas regras da União Europeia. A Diretiva 2015/412, de Março deste ano, veio criar a possibilidade de cada Estado Membro restringir ou proibir o cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM) no seu território. Juntamente com a França, também a Alemanha, a Áustria, a Bulgária, Chipre, a Croácia, a Dinamarca, a Eslovénia, a Grécia, a Holanda, a Hungria, a Itália, a Letónia, a Lituânia, a Polónia, e ainda algumas regiões administrativas (Escócia, Irlanda do Norte, País de Gales e Valónia), anunciaram já a sua intenção de banir o cultivo OGM...

Marchar contra a Monsanto em Portugal

ACTUALIZAÇÃO EM 2015/05/26 - Mais ou menos concorridas, as Marchas Contra a Monsanto desenrolaram-se com muita animação e sentido de dever em múltiplas cidades portuguesas. Algumas fotos abaixo:

Lisboa

Lagos

Coimbra


Quem acha que a Monsanto tem poder demais para estragar demais pode dizê-lo ao vivo este sábado 23 de maio de 2015 num evento de âmbito mundial - veja abaixo os eventos previstos, participe e mande-nos fotos!

LISBOA: www.facebook.com/events/1581254722145697/
PORTO: www.facebook.com/events/1573340366271296/
COIMBRA: www.facebook.com/events/480587455422343/
FUNCHAL: www.facebook.com/events/924531354265128/
FARO: www.facebook.com/events/1831860383706009/
SETÚBAL: www.facebook.com/pages/Marcha-Contra-a-Monsanto-Setúbal/1577436952495298
LAGOS: www.facebook.com/events/690530481073665/

França e Itália: dois grandes produtores de cereais, duas proibições ao cultivo de milho transgénico

 

2014/04/15 - Segundo um despacho da agência Reuters de hoje, a câmara baixa do Parlamento francês aprovou uma lei que proibe o cultivo de toda e qualquer variedade de milho geneticamente modificado em solo nacional devido aos seus impactos ambientais. Esta decisão vem na sequência de um decreto governamental publicado há cerca de dois meses e que suspendia temporariamente esses cultivos. Em Itália a proibição do milho transgénico MON 810 já vem de 2013 e conta com um apoio massivo de 80% da população, mas foi recentemente reforçada por um tribunal regional italiano. Note-se que a França e a Itália são, respetivamente, o 6º e 8º maior produtor mundial de milho, o que mostra a importância do cultivo deste cereal nesses países. E se eles, que levam o cultivo de milho a sério, proibem as variedades transgénicas, Portugal faria bem em pensar duas vezes antes de continuar a cultivar qual beco sem saíde.

Páginas

Subscribe to Política

Gostaria de nos apoiar?

FALE CONNOSCO